sábado, 23 de setembro de 2017

JOSÉ TEIXEIRA FIALHO PROMOVE 2ª FEIRA DE CIÊNCIA

   Ontem, 22.09, tivemos a nossa 2ª Feira de Ciência com a mesma temática do evento da Rede Estadual de Ensino: A matemática está em tudo. A "José Teixeira Fialho" expôs atrações diversificadas –  cada uma com uma peculiaridade diferente.
   Cada trabalho foi realizado por diferentes classes da Instituição, o que deixou nosso evento científico com um toque especial e alegre. Tivemos, por exemplo, a Sala da Saúde, onde entregávamos carteirinhas para as pessoas com seu tipo sanguíneo; havia também uma cozinha sustentável que possuía comidas produzidos por cascas, talos e sementes – comidas com mais nutrientes e um baixo custo – na oportunidade foi lançado a edição 3 do livro Calcular + COZINHAR = A arte de reaproveitar. Houve um espaço de experiências de todos os tipos, evolvendo os alunos do Ensino Fundamental e Médio, inclusive a Sala de Atendimento Especializado. O Ensino Fundamental I criou uma sala de ervas medicinais e um livro na mesma perspectiva.
   Todo conteúdo da feira esteve voltado para a matemática e a disciplina foi homenageada com uma sala chamada de “A evolução da matemática”, o viés numérico também foi constatado na “Evolução dos objetos”.
    O principal objetivo desse evento é estimular o caráter pesquisador nos professores e estudantes de todos os níveis da escola. Todos os trabalhos dali foram desenvolvidos pelos discentes, tornando-os protagonistas do processo, juntamente do acompanhamento de seus educadores.

Por: Marcelo Sifronio, 2ª SÉRIE EM.
Adaptado por: Rodrigo Dantas.




























domingo, 3 de setembro de 2017

VEM AÍ A II FEIRA DE CIÊNCIA DA JOSÉ TEIXEIRA FIALHO!


Vem aí!!!!!

II Feira de Ciência da EEEFM José Teixeira Fialho com o tema "A matemática está em tudo".
Dia: 22/09/2017
Horário de visitação: Das 09 às 18 horas.
Local: EEEFM José Teixeira Fialho - Imburana.

Você é nosso convidado especial.

MONITORIA VOLUNTÁRIA NA JOSÉ TEIXEIRA FIALHO

O Secretário de Estado da Educação, Haroldo Corrêa Rocha, em 16 de agosto do ano corrente instituiu a PORTARIA Nº 098-R, PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA ESTUDANTIL no Ensino Médio das escolas estaduais do Espírito Santo, a fim de contribuir na formação de um jovem autônomo, solidária e competente.
Por esse viés, a EEEFM "José Texeira Fialho" já vem promovendo desde a semana passada essa prática sócioeducativa com alguns adolescentes da 1ª, 2ª e 3ª séries do Ensino Médio –  os mesmos estão vindo à escola no contraturno e tem apoiado as professoras das séries iniciais durante o processo de ensino-aprendizagem dos mais pequenos; contribuem nas atividades esportivas durante o horário vago que permeia a troca de turno (Matutino X Vespertino) e tem auxiliado o trabalho docente que ocorre no Laboratório de Informática da Instituição.
Para o 3º trimestre, os monitores voluntários auxiliarão os docentes em projetos de leitura e escrita das professoras das séries iniciais, assim como nas aulas de língua portuguesa , Educação Física e na biblioteca durante o turno inverso.
Salienta-se que o estudante deve fazer realizar ações de natureza voluntária com consciência e que suas atividades não serão remuneradas. No entanto, ao término dessas atividades, a Unidade conferirá aos participantes um Certificado de Participação no Programa de Monitoria Voluntária Estudantil. 
O PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA ESTUDANTIL faz com que o jovem se sinta útil, como uma peça importante desta configuração que é a escola. Sabe-se que muitos dos alunos do Ensino Médio às vezes se sentem desmotivados durante os procedimentos educacionais e essa iniciativa impacta de forma positiva, pois protagoniza o discente no ambiente escolar.

Por: Rodrigo Dantas.







"O projeto de monitoria com os alunos do vespertino é uma ideia muito boa e de grande ajuda para nós do matutino." 
(Tia Fran, do 4º ano).

DIA NACIONAL DO COMBATE AO FUMO

No dia 29 de agosto é comemorado o Dia Nacional do Combate ao Fumo no Brasil, em virtude disso, a Tia Mariana trabalhou com nossos alunos na Sala de Atendimento Educacional Especializado sobre as substâncias que contém no cigarro e os malefícios que os mesmos podem trazer à saúde. 
As crianças saíram pela comunidade distribuindo panfletos de conscientização e orientação de como deixar o vício, ofereceu-se balinhas para os abordados que os acolheu com muito carinho.
Ressalta-se que, essa data foi instituída em 1986 pela lei nº 7488, e criada com o objetivo de conscientizar e mobilizar a população sobre os riscos decorrentes do uso do cigarro - estima-se que cerca de 200 mil pessoas morram todo o ano no Brasil em decorrência do fumo.

Por: Prof. Mariana.
Correções: Rodrigo Dantas.











quinta-feira, 17 de agosto de 2017

José Teixeira Fialho participa do VIII Festival de Xadrez


EEEFM "JOSÉ TEIXEIRA FIALHO" PARTICIPA DO VIII FESTIVAL DE XADREZ E FICA ENTRE AS DEZ MELHORES ESCOLAS DO ESTADO
Palavras do Diretor da Instituição, Jailson Maurício Pinto:
"Trabalhar em equipe nem sempre é acertar o alvo, mas sim, se dispor a qualquer momento e ir além de suas expectativas! Parabéns, Iviny Teodoro, pela participação no VIII festival de Xadrez das Escolas da Rede Estadual do Estado do Espírito Santo e por conseguir se classificar entre os dez melhores. Fico muito feliz com a evolução da EEEFM José Teixeira Fialho. Obrigado Iviny! Hoje, você fez mais uma história importante em sua vida. Espero que você tenha muitas conquistas, cada vez maiores. Acredito que é a primeira vez que Ecoporanga consegue se classificar no Festival. Iviny, a primeira medalha do Festival para o município quem está trazendo é você!"





quarta-feira, 16 de agosto de 2017

A vida de um trabalhador ecoporanguense

Crônicas são, geralmente, narrativas que possuem particularidades de nosso dia a dia.  Pensando nesse conceito, os alunos do 9º ano do Ensino Fundamental da EEEFM "José Teixeira Fialho" escreveram textos desse gênero textual, se embasando no cotidiano do Ecoporanguense.
Ecoporanga é um dos municípios que mais produz matéria-prima para rochas ornamentais no Espírito Santo e para essa processo de escrita usaram como base, o material da Rede Estadual de Ensino, CTS (Ciências, Tecnologia e Sociedade), Reféns do mármore.

Aprecie o texto da Gisele Oliveira Paixão sem moderação!

A vida de um trabalhador ecoporanguense 

Eu, Pedro, moro no município de Ecoporanga e trabalhei numa pedreira da cidade.

Meu dia a dia era bastante corrido! Para começar a trabalhar tinha que usar todos os equipamentos necessários para a minha segurança. Minha função específica era trabalhar como marteleiro: quebrava as pedras, aproximadamente 09 metros de fundura. Depois desse processo eu colocava bomba para explodir as pedras, mas temos que saber colocá-la corretamente nos buracos, porque se não posso causar um acidente.

Já trabalhei em pedreiras que fecharam e fui dispensado e outros colegas foram mandados para outras cidades, só que não foi o meu caso. Eu trabalhava desde 2015, só via minha família nos finais de semana. Não compensava pagar aluguel, até porque não  temos uma casa própria.

Ano passado a empresa que eu trabalhava estava entrando em um período de decadência e mandaram a maioria dos funcionários irem embora. Esse ano saiu do período da crise financeira e estão fichando mais profissionais.

Hoje em dia, estou trabalhando como vaqueiro e “panho” café na época, mas não tenho carteira assinada. A causa por eu não ter um emprego melhor é a falta de estudos. Parei de estudar na 6ª serie, eu precisava ajudar a colocar dinheiro em casa. Meu pai morreu cedo, e sou o único filho homem da família.

Minha única opção foi trabalhar na roça, não é muito legal, mas dá para sobreviver e ajudar a minha mãe.

Por: Gisele Oliveira Paixão
Correção por: Rodrigo Dantas.

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

ALUNOS DA EEEFM “JOSÉ TEIXEIRA FIALHO” PARTICIPAM DO 2º ENCONTRÃO DE ESTUDANTES EM DOMINGOS MARTINS/ES

ALUNOS DA EEEFM “JOSÉ TEIXEIRA FIALHO” PARTICIPAM DO 2º ENCONTRÃO DE ESTUDANTES EM DOMINGOS MARTINS/ES


   Nos dias 2 e 3 de agosto aconteceu 2° Encontrão de Estudantes do programa “Jovens de Futuro”, desta vez no município de  Domingos Martins. A segunda edição do evento contou com mais 450 pessoas – alunos e gestores. E a nossa Unidade de Ensino participou com os alunos Ryan e Letícia, da 2ª série do Ensino Médio, juntamente do gestor, Jailson Mauricio Pinto.
   O evento teve como  tema “Diálogos sobre Gestão Escolar 2017”. No primeiro dia os alunos foram divididos em grupos e realizaram tarefas dinâmicas. Dando sequência a essas atividades,  os alunos assistiram a película  “ Nunca me sonharam” – documentário onde  diversos jovens fazem depoimentos de situações de escolas de todo o país, inclusive do Espírito Santo. que falam sobre as dificuldades que enfrentam para estudar. Após este momento, os alunos puderam sentar com outros estudantes para um espaço de intercâmbio cultural e troca de experiências.
   No dia seguinte, após o café da manhã, houve a iniciação das gincanas e atividades. Várias propostas foram feitas aos alunos. Nas quais, as mesmas  poderia escolher um grupo com o assunto que eles mais se  familiarizassem . As tarefas  que mais se destacaram foi a produção de fanzines, teatro e vídeos de bolso.
   Agora os estudantes reproduzirão para seus colegas as atividades feitas em Domingos Martins, dando foco à parte prática do Encontrão.